Quer contratar a Ribeira Dedetizadora e Desentupidora?Solicite um orçamento!

CONTROLE DE PRAGAS X DOENÇAS

CONTROLE DE PRAGAS X DOENÇASControle de Pragas x Doenças: Baratas, ratos, cupins. Ninguém gosta deles. Mas eles estão presentes em vários lugares, e podem transmitir doenças mais do que se imagina.

O próprio pombo, uma ave dócil que está perto de nós e que todos simpatizam, podem transmitir mais de 60 tipos de doenças, entre elas a toxoplasmose e principalmente doenças respiratórias, através dos fungos presentes em suas fezes e penas, uma vez que é um pássaro e tem facilidade de se locomover de uma área para a outra com muita rapidez.

Todas as pragas desenvolvem um trabalho muito importante no ecossistema, tendo cada uma delas sua função, contribuindo para manter o equilíbrio da natureza. Por isso, não se deve exterminar as espécies, e quem vive colocando isso em perigo constantemente é o próprio homem, com suas diversas agressões a natureza e invasões de habitat.

Chegando nos centros urbanos e se reproduzindo aos milhares, os insetos, mas especificamente as pragas urbanas podem se alastrar muito rápido dentro de uma residência. Restos de alimento, comida descoberta, acúmulo de lixo e falhas na limpeza e higiene de um local contribuem para o aparecimento e o aumento delas.

É preciso que a população tome consciência desse fato, e torne o hábito constante de controle de pragas dentro das residências, empresas e condomínios, podendo contratar uma empresa idônea, que possua alvará da Vigilância Sanitária, e que tenha um responsável técnico, evitando assim riscos no manuseio e o uso indiscriminado de inseticidas para o controle de pragas e vetores urbanos.

Alguns insetos e pragas podem carregar vírus e bactérias prejudiciais à saúde

Você sabia que as baratas podem levar para uma residência diversos tipos de vírus e bactérias, através de suas patas, que passam por esgotos e lixos. Diarreias são comuns nesses casos.

Mais importante do que conscientizar sobre o controle de pragas, é o uso inocente por parte dos consumidores de produtos que prometem acabar com as baratas e principalmente cupins, dizendo em suas propagandas que são atóxicos ou botânicos, fórmulas herbais ou florais. Isso não existe. Se produto foi feito para matar insetos, é lógico que ele contém um grau de toxidade. Deve-se tomar muito cuidado com o uso de raticidas, inseticidas e outros, uma vez que sua ingestão pode ser fatal.

Muitas pessoas não querem gastar com dedetização ou desinsetização e controle de pragas. Preferem comprar um produto no supermercado e ela própria aplicar. Só que na maioria dos casos, o problema não é resolvido, pois para realizar um controle eficiente, deve-se ter informações e o mínimo de conhecimento sobre a biologia e hábitos da praga a ser combatida, além do local correto onde deve-se aplicar o inseticida.

No caso das formigas, por exemplo, o uso indiscriminado de inseticida pode agravar ainda mais o problema de infestação, por que isso causa stress na colônia, que podem se fragmentar em várias pequenas colônias, aumentando ainda mais a infestação. Muitas vezes aquela formiga que apareceu na sua casa, pode pertencer a uma colônia localizada no vizinho, então matá-la ali não vai adiantar uma vez que a rainha não foi eliminada.

Nossos especialistas realçam algumas questões que devem ser levadas em conta na hora de contratar esses serviços de controle de pragas. Uma empresa consciente sabe que em locais onde há grande armazenamento de comida, e é feita a higienização diariamente, não se pode limitar a garantia por seis meses, por exemplo. E como o próprio nome diz, a função dessas empresas dedetizadoras é a de controlar infestação de pragas, não há como eliminar completamente.

Deixe um comentário para: Controle de Pragas x Doenças

Compartilhe!

Web Design: