Quer contratar a Ribeira Dedetizadora e Desentupidora?Solicite um orçamento!

Sanitização: O Que é e Como é Feita a Sanitização?

Aprenda tudo sobre sanitização neste guia! Sanitização é a intervenção de higienização que visa eliminar quaisquer vírus, bactérias, germes e fungos contaminantes da superfície do ambiente que não possam ser removidos com uma limpeza comum.

Garantir que ambientes internos e externos fiquem higienizados e livre de resíduos e agentes nocivos é importante para garantir a saúde de quem frequenta esses espaços. Mas você sabia que apenas a sanitização pode garantir uma limpeza aprofundada?

Existem muitos microrganismos como fungos, bactérias e vírus que são invisíveis aos olhos. E com isso passam totalmente despercebidos nos processos de limpeza convencionais.

E para garantir a total eliminação desses agentes, é fundamental contar com um serviço especializado e profissional de sanitização. 

Mas afinal de contas, o que é sanitização?

A sanitização é um processo de higienização que tem como principal objetivo o extermínio de bactérias, vírus, fungos e outros microrganismos que possam afetar a saúde e bem-estar de pessoas e animais.

Esse serviço de sanitização visa elevar os níveis de proteção com base em parâmetros pré-estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esse tipo de procedimento pode ser realizado nos mais diversos tipos de ambientes e operações, tais como:

  • Residências;
  • Escritórios;
  • Linhas de produção de alimentos;
  • Centros comerciais;
  • Cinemas e teatros;
  • Hotéis e pousadas;
  • Automóveis;
  • Indústrias e fábricas;
  • Órgãos públicos;
  • Escolas;
  • Hospitais;
  • Ruas entre outros locais.

É por meio desse processo de higienização profunda, a sanitização, com foco em patogênicos que é possível reduzir os riscos de contaminações e infecções, uma vez que as superfícies que passaram por ele ficam totalmente livres de microrganismos.

Qual a diferença de limpeza, dedetização e sanitização?

Os três processos estão diretamente ligados a higienização de ambientes e saúde. Contudo, eles são totalmente distintos e abaixo você confere o porquê:

Limpeza

A limpeza é o um dos processos de higienização mais básicos. Ela é feita normalmente de forma caseira, com produtos que podem ser encontrados em qualquer supermercado.

Também existe a chamada limpeza profissional, que é realizada por profissionais especializados e que geralmente envolve um processo mais completo, que vai desde a higienização de janelas até calçadas.

Contudo, o foco aqui é a eliminação de sujeiras e resíduos aparentes. Ou seja, aqueles que nós conseguimos ver a olho nu sem qualquer problema.

Dedetização

A dedetização por sua vez, é um processo de higienização que visa o extermínio e controle de pragas como pulgas, aranhas, ácaros entre outras. Através dela é possível eliminar esses invasores em diferentes fases de desenvolvimento.

Desde adultos totalmente formados até ovos. Esse é um procedimento que precisa ser feito, obrigatoriamente, por uma dedetizadora.

Isso porque, ele inclui a utilização de produtos específicos, que precisam ser manuseados por profissionais capacitados e utilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Sanitização

A sanitização é um procedimento totalmente focado em microrganismos. Ela visa elevar os níveis de forma que eles fiquem dentro dos padrões de segurança estabelecidos pela ANVISA.

E, para isso, também são utilizados produtos específicos que só podem ser manuseados e aplicados por profissionais capacitados e paramentados.

Essas três modalidades de higienização podem ser realizadas de forma conjunta para garantir uma proteção ainda mais completa para o patrimônio.

Como é feita a sanitização?

A sanitização é um processo complexo que exige mão de obra especializada. Por conta disso quem está em busca desse tipo de procedimento de limpeza deve sempre procurar uma empresa que tenha experiência no segmento.

Ela poderá realizar todas as etapas desse processo de forma correta, garantindo assim que você tenha mais segurança nos ambientes de convivência. Confira abaixo como é feito esse procedimento de higienização:

1. Análise pela equipe de especialistas

A primeira etapa da sanitização consiste em uma avaliação feita por profissionais capacitados. Eles irão avaliar quais são as necessidades sanitárias do ambiente, identificando também fatores de risco em potencial, tais como:

  • Locais de passagem de pessoas;
  • Corrimãos, portas, maçanetas e assentos;
  • Itens compartilhados como louças e equipamentos;
  • Outras superfícies que tenham contato direto de vários indivíduos.

Após o mapeamento completo a equipe fará, então, um plano de sanitização customizado, levando em conta os fatores de risco, as necessidades do cliente e o prazo para realização do processo. 

2. Aplicação de produtos

A próxima etapa do processo de sanitização é a aplicação de produtos específicos, conforme as necessidades identificadas através do mapeamento.

Essa fase é feita com os profissionais utilizando equipamentos de proteção individual (EPIs) e geralmente em um momento onde o ambiente esteja vazio. Isso porque os produtos químicos precisam atingir todas as superfícies necessárias, desinfetá-las para só então se dissiparem e não oferecerem qualquer risco opara os frequentadores dos espaços.

Além disso, os profissionais também precisam seguir uma série de normas de segurança estabelecidas pela Anvisa, afim de garantir os níveis seguros necessários para que todos possam circular no ambiente.

3. Rotina de manutenção

Após a aplicação os próprios produtos químicos utilizados criam uma espécie de camada de proteção que evita a proliferação de patógenos. Dessa forma, é possível garantir mais segurança para os espaços.

Contudo, é necessário que a sanitização seja refeita periodicamente para manter essa rotina sempre ativa. Os próprios profissionais irão indicar quando que o processo terá que ser renovado, podendo até mesmo já agendar a próxima aplicação.

Que tipos de produtos podem ser usados na sanitização?

Existem vários tipos de produtos químicos que é possível utilizar dentro do processo de sanitização. Tudo vai depender dos tipos de patógenos encontrados, bem como dos resultados almejados.

Entre os produtos mais populares que são utilizados estão:

Digliconato de clorexidina

Esse é um produto que tem ação antifúngica e também bactericida. Por conta de sua composição poderosa ele é capaz de eliminar completamente uma série de bactérias que podem desencadear infecções. Além disso, também combate a proliferação de bactérias.

Peróxido de hidrogênio

Mais um dos produtos utilizados dentro do processo de sanitização é o Peróxido de hidrogênio. Ele possui uma ação de desinfetante oxidante, e acaba tanto com bactérias, como fungos, vírus, esporos e diversos outros microrganismos que possam ficar nas superfícies e prejudicar a saúde.

Quaternário de amônia

Mais um dos produtos químicos amplamente utilizados dentro da sanitização é o quaternário de amônia. Sua ação é altamente tóxica para os microrganismos. Ele é um poderoso agente biocida que consegue combater vírus, fungos e bactérias.

Isso porque ele consegue gerar o rompimento celular. Dessa forma, os microrganismos não conseguem reter os componentes que os mantém vivos, morrendo e não se proliferando.

Ácido Peracético (PAA)

Mais um dos produtos amplamente utilizados dentro da sanitização é o PAA. Esse é um poderoso sanitizante que age diretamente contra microrganismos e seus esporos.

Sua ação mortal para esses agentes se deve pelo fato dele romper as ligações químicas dentro da membrana celular dos microrganismos. Além disso, essas substâncias também ajudam a reduzir diretamente a carga organiza dos agentes maléficos, fazendo assim que o pH de superfícies fique neutro.

Isso faz toda a diferença, uma vez que os microrganismos precisam de índices elevados ou baixos de pH para se reproduzirem. Uma das grandes diferenças do PAA é que ele é ambientalmente mais amigável.

Ou seja, é menos corrosivo e é mais seguro para aplicação. No entanto, ainda assim é necessário muito cuidado ao utilizar esse tipo de substância.

Vale ressaltar que todos os produtos químicos acima, bem como quaisquer outros usados na sanitização nunca devem ser manuseados por pessoas não qualificadas.

Muitos deles possuem formulas altamente perigosas e corrosivas que podem gerar tanto intoxicação como feridas na pele se não forem manuseados de forma correta, com os equipamentos de proteção individual adequados.

Por conta disso é fundamental sempre contratar uma empresa de sanitização especializada para realizar esse tipo de processo. Assim, você terá total segurança e tranquilidade, além de garantia de um bom serviço.

Quais as vantagens de fazer a sanitização de ambientes?

O processo de sanitização sempre foi amplamente utilizado dentro de vários segmentos e áreas, mas principalmente em locais de ampla movimentação de pessoas. E por conta do cenário atual, ele se tornou ainda mais importante.

Além de promover a elevação dos níveis de higiene, mantendo microrganismos longe de superfícies, esse tipo de processo também gera uma série de benefícios, tais como:

Reduz os níveis de patógenos para níveis aceitáveis

O mundo ao nosso redor é repleto de microrganismos, sendo muitos até mesmo fundamentais para a manutenção de grandes ecossistemas. Contudo, existem alguns patógenos que quando estão em grandes quantidades, podem promover uma série de problemas.

Desde contaminar alimentos gerando mofo, até desencadear doenças mais graves como a H1N1 e o COVID-19. Uma das grandes vantagens da sanitização é que ela consegue reduzir os níveis desses agentes maléficos até que eles sejam aceitáveis.

Ou seja, a quantidade é tão baixa que os microrganismos não se proliferam e nem são transmitidos.

Evita a disseminação de gripes e resfriados

Muita gente acha que resfriados e gripes só estão associados ao tempo frio ou até mesmo a imunidade das pessoas. Contudo, o ambiente também interfere diretamente na disseminação dessa doença, uma vez que os patógenos que desencadeiam esses problemas tendem a ficar circulando no ar até mesmo por duas.

Um dos benefícios da sanitização é que ela consegue evitar a disseminação de gripes e resfriados, justamente porque destrói todos os possíveis transmissores. Por conta disso, inclusive, que uma das ações recorrentes dos órgãos públicos é justamente utilizar esse processo em locais que possuem grandes aglomerações, como ônibus e ruas.

Garante mais segurança para processos de produção de fábricas e industrias

Mais uma das vantagens do processo de sanitização é que ele garante mais segurança para as linhas de produção de fábricas e industrias.

Essas operações são extremamente delicadas e suscetíveis a agentes externos, principalmente quando envolvem produtos perecíveis ou até com composição mais volátil, como é o caso de alimentos, cosméticos e medicamentos.

A sanitização irá garantir que todos os níveis estejam adequados, conforme as normas estabelecidas pela Anvisa. E dessa forma, a empresa poderá operar com mais segurança e produtividade, sem riscos de contaminar consumidores e funcionários, bem como perder insumos por conta de lotes contaminados.

Evita a contaminação de alimentos em restaurantes, lanchonetes, cafés e até mesmo serviços de delivery</h3>

Uma das maiores vantagens para a sanitização é o fato dela manter ambientes do ramo alimentício mais seguros. Dentro de locais de fabricação e preparo de alimentos, os cuidados com a higiene são ainda mais importantes.

Afinal de contas, vários tipos de doenças podem ser transmitidos quando existe algum patógeno no local, como é o caso da leptospirose.

A sanitização garante que todos os microrganismos, desde os mais simples até os de alta periculosidade, sejam completamente eliminados desses ambientes. Dessa forma, é possível evitar a contaminação dos alimentos.

Reduz o risco de infecções hospitalares

Mais uma das vantagens de se realizar a sanitização é que ela também consegue reduzir o risco de infecções hospitalares.

Esses ambientes possuem um grau de risco muito alto. Isso porque, além do alto índice de patógenos por conta do atendimento de pacientes, as pessoas internadas são consideradas grupos de risco por conta da exposição a esses agentes.

Ao realizar a sanitização de ambientes hospitalares como consultórios, recepções, salas de cirurgia, quartos entre outros, é possível reduzir drasticamente o risco de infecções, garantindo até mesmo uma recuperação mais rápida dos pacientes.

Por que contratar uma empresa especializada em sanitização?

Se você deseja garantir uma sanitização de qualidade, o ideal é contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Isso porque, ela poderá oferecer uma série de diferenciais, tais como:

Tenha garantia do serviço prestado

Ao contratar uma empresa de sanitização, você terá a garantia do serviço.

Isso porque ele será realizado por profissionais realmente capacitados que irão utilizar os produtos adequados conforme as necessidades encontradas pelo mapeamento.

Segurança

Outra vantagem de investir em um serviço profissional de sanitização é a segurança.

Tenha sempre em mente que esse tipo de procedimento envolve uma série de etapas delicadas, incluindo a aplicação dos produtos.

Esses componentes são altamente tóxicos e se não forem aplicados de forma correta podem gerar problemas graves de intoxicação. Por conta disso o ideal é sempre buscar por uma empresa especializada.

Esteja dentro das normas da Anvisa

Esse é um benefício extremamente valioso, principalmente para empresas, lojas, supermercados e outros negócios que precisam seguir normas sanitárias.

Através da sanitização é possível garantir o controle de diversos patógenos. Dessa forma, o ambiente comercial estará totalmente apropriado para funcionar e dentro das normas estabelecidas por lei, evitando assim sanções e outras penalidades que podem ser aplicadas pela falta de cuidados com a higiene.

Como escolher uma empresa de sanitização?

Antes de contratar uma empresa responsável pela sanitização da sua residência, escritório, loja, consultório ou empreendimento, é importante sempre tomar alguns cuidados para garantir a escolha de uma prestadora de serviços de qualidade.

Confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar nessa decisão.

Verifique sempre se a empresa está registrada nos órgãos reguladores

O processo de sanitização envolve processos complexos que precisam não apenas de equipamentos especiais, mas produtos específicos e mão de obra especializada.

E existem muitas empresas que dizem oferecer o serviço, mas que não estão legalizadas para tal justamente por não atenderem nenhum dos elementos acima.

Por isso, antes de escolher uma prestadora de serviços de sanitização, sempre verifique se ela está registrada nos órgãos reguladores, como a Anvisa. Assim, você não correrá o risco de ter uma empresa amadora fazendo o serviço.

Cuidado com valores abaixo do mercado

Mais uma das dicas para a hora de escolher a empresa de sanitização é tomar cuidado com os valores muito abaixo do mercado. Tenha em mente que os insumos, aparelhagem e especialização dos profissionais tem um custo mais elevado.

Logo, preços baixos demais podem indicar que algo está errado. Seja a qualidades das substâncias químicas utilizadas, ou até mesmo a falta de mão de obra realmente qualificada para executar esse processo.

Verifique a experiência da empresa nesse segmento

Por conta da alta demanda do mercado, muitas empresas passaram a oferecer serviços de sanitização, mas sem realmente ter experiência na área. Isso pode representar não apenas prejuízo financeiro, mas um grande perigo para você.

Afinal de contas, a prestadora pode não estar preparada para realmente executar o serviço em questão.

Por isso, antes de fechar contrato sempre verifique se a empresa apossui experiência no assunto. Inclusive, uma dica adicional é entrar em contato com clientes antigos que ela já atendeu.

Dessa forma, você poderá verificar se o serviço executado é realmente de qualidade.

Sanitização profissional é com a gente!

A Sanitização é sem sombra de dúvidas essencial para garantir a higiene e segurança do ambiente, principalmente no momento atual em que vivemos. É por meio dela que é possível manter ambientes, internos e externos, livres de microrganismos que podem prejudicar a saúde, como vírus e bactérias.

E se você está em busca de uma empresa especializada nesse tipo de serviço nós podemos te ajudar. Além de contarmos com uma equipe de profissionais capacitados, utilizamos produtos de primeira qualidade para garantir que os ambientem fiquem dentro dos níveis de segurança estabelecidos pela ANVISA.

Além disso, somos credenciados nos principais órgãos de regulamentação, e temos anos de experiência no mercado oferecendo serviços que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas, através de ambientes seguros e higienizados.

Entre em contato agora mesmo e solicite o seu orçamento para realização de sanitização do seu ambiente. Teremos o prazer de te atender!

É permitida a reprodução parcial ou total deste conteúdo em outros sites e/ou blogs desde que mencionada a fonte – Fonte: Ribeira Dedetizadora – https://www.ddribeira.com.br/

Compartilhe!

3 comments on “Sanitização: O Que é e Como é Feita a Sanitização?”

  1. luiz carlos Responder

    boa tarde
    Por favor, sou de 1 empresa de limpeza. Porém, Não temos now how para sanitização.
    gostaria de contrata-los para fazer em meus clientes.
    Como voces atuam técnica e financeira?
    no aguardo
    grato

    Luiz Carlos

    • ddribeira Responder

      Olá, tudo bem? Por favor, entrar em contato com nossa Central de atendimento para mais informações: (11) 3207.6102 / (11) 3209.8168 ou ddribeira@ddribeira.com.br. Estamos atendendo em horário reduzido por conta da pandemia. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Web Design: