Quer contratar a Ribeira Dedetizadora e Desentupidora?Solicite um orçamento!

Socorro! Minha casa está cheia de cupins!

Uma infestação de cupins pode causar danos irreparáveis para sua casa. Os cupins costumam ser chamados de “pragas destruidoras e famintas” porque podem estar se escondendo e reproduzindo discretamente em sua casa ou quintal, sem quaisquer sinais imediatos de danos.

Todos os cupins consomem materiais vegetais à base de celulose. Infelizmente, todas as casas, independentemente do seu tipo e características de construção, podem fornecer alimentos à base de celulose para os cupins.

Os cupins sempre serão uma séria ameaça para a sua casa, vamos apresentar agora algumas formas que você pode fazer durante o ano para ajudar a manter os cupins longe da sua casa.

Conhecendo os cupins

O cupim é um inseto da família dos isópteros, ele é um inseto social, assim são chamados porque vivem em grupos, nesse caso, imensos grupos, e suas funções são divididas por classes, seu ninho é chamado de colônia, que pode ser terrestre ou construído na madeira.

Eles vivem em ecossistemas tropicais e é uma das espécies de invertebrados mais abundantes, perdendo apenas para abelhas e formigas, e apesar de ser uma espécie terrestre, pode chegar até o último andar de um prédio com uma facilidade incrível.

Até bem pouco tempo eram conhecidos como formigas brancas, mas nem de perto se parecem com formigas, e tão poucos são parentes, o cupim na verdade é da família das baratas, porém se desenvolveram de formas muito diferentes a bilhões de anos atrás.

Sozinho o cupim não apresenta perigo algum, mas quando se juntam em grupo, e se interessam por algum local específico, onde tenha comida e ambiente propício, eles atraem uns aos outros, e entram em atividade para formar ali seu ninho e o fazem rapidamente, eles trabalham em sociedade, cada um com sua tarefa bem determinada e diferente do outro. Como operários, soldados e procriadores.

Uma colônia de cupins costuma deter milhões de indivíduos, e com moradias bem complexas, vivem em labirintos construído minuciosamente para que cada compartimento tenha sua função.

Eles se alimentam constantemente e reciprocamente, um cupim, alimenta o outro pelo contato com a boca, e dessa mesma forma eles se comunicam entre si.

As ninfas, também conhecidas como aleluias ou siris, são cupins que se encontram em época de acasalamento saem em revoada a busca de parceiros de outras colônias, eles sempre se acasalam umas colônias com as outras de forma que nunca enfraquecem a espécie.

Esses insetos causam um prejuízo enorme, e é preciso erradicá-los ao menor sinal, pois podem destruir construções inteiras, sem que se perceba sua presença.

Você nunca vai encontrar um cupim passeando pela casa, eles vivem somente dentro de suas colônias, não suportam a claridade, por esse motivo eles não vão sair do ninho, como as formigas, ou outros insetos, então para detectar os cupins somente procurando por eles, ou seus rastros.

Como detectar a presença de cupins em sua casa?

  • Se embaixo do móvel ou da porta estiver constantemente uma poeirinha fina, é sinal de que ali tem cupins, dê pequenas batidas no móvel e observe se cai mais dessa poeirinha, se cair, é hora de chamar a dedetizadora de sua confiança.
  • Se há pequenos túneis que parecem ser feitos de barro, pela extensão de tabeiras, pilares ou vigas, se houver, desmanche e verifique se há nele um ou mais insetos, e mesmo que esse “túnel” já esteja abandonado, chame um profissional, pois há uma possibilidade enorme de ter cupins aí.
  • Procure nos móveis, pisos ou estruturas de madeira por pequenas fissuras, ou imperfeições em sua superfície parecendo um labirinto, caso encontre, é possível que esteja infestado pelas pragas.
  • Em paredes ou estruturas de gesso, pode haver minúsculos furinhos com uma sujeirinha quase imperceptível em seu redor, isso sinal de que a parede ou estrutura esteja com infestação de cupins, não perca tempo, chame o profissional, pois essa praga se alastra muito rápido, pois um pequeno vacilo pode representar uma dor de cabeça enorme.
  • Se houver partes do piso de madeira, teto de gesso, batentes ou até móveis que se pareçam com infiltrações, ou tenham um aspecto de inchado, ainda que tenha cheiro de mofo, há a necessidade de uma maior investigação, pois alguns cupins podem ter se instalado ali.
  • Se houver asas em grandes quantidades nos arredores da casa, também é merecimento de investigação, uma vez que os cupins em época de acasalamento saem de seus ninhos voando, e depois de acasalar perdem suas asas, como eles voam uma distância pequena, é possível que o cupinzeiro esteja próximo.

Os cupins não comem apenas madeira, em seu cardápio consta também, papel (a celulose é um alimento muito apreciado para eles), folas e húmus.

O ideal é ter toda a madeira da casa tratada com substancias químicas repelentes de cupins, essas são misturadas ao verniz e aplicadas a madeira, outras podem ser aplicadas na madeira natural, neste ponto há que se ver qual se adequa melhor ao caso.

Alguns artifícios podem exterminar os cupins, mas somente quando estes estão em estágio de inicialização da colônia, período em que a detecção é muito difícil, mas também podem ser usados como prevenção, se houver uma infestação o ideal é recorrer a ajuda profissional.

Como realizar a prevenção contra cupins em imóveis?

  • Limpar todas as partes de madeira da casa com pano embebido em vinagre, ou vinagre diluído em água, inclusive os móveis.
  • Borrifar ácido bórico onde há a infestação, ou em um pedaço de madeira e esperar que eles venham até ela, o ácido bórico age como um inseticida natural contra alguns tipos de praga.
  • Limpar o chão e os móveis com uma solução de 10 gotas de óleo de cravo para 100 ml de água, além de afastar os insetos, o óleo de cravo é muito aromático.
  • Essa mesma prevenção pode ser feita com óleo de laranja, usando as mesmas proporções do óleo de cravo, ou fazer um “chá” com casca de duas laranjas e misturar em um balde de água.

Vale a pena ressaltar que essas são medidas preventivas, ou quando a infestação está apenas em seu estado inicial.

Quando procurar um profissional de descupinização

O ideal mesmo é procurar ajuda especializada, as chamadas dedetizadoras de insetos, pois somente um profissional poderá ter uma visão exata do problema, e através de seus conhecimentos e equipamentos lidar de forma realmente eficiente com o problema, acabando de uma vez com essa dor de cabeça.

No mercado existem muitos profissionais, mas nem todos são realmente qualificados para esse serviço, por isso há a necessidade de se ter confiança, e se contratar alguém que entenda do assunto, e que garanta um bom serviço.

A Ribeira Dedetização é especialista no ramo de descupinização, tratamento químico contra cupins, e conhece todos os procedimentos para acabar de vez com os cupins, essas preguinhas minúsculas, que causam tanto estrago na sua casa.

É permitida a reprodução parcial ou total deste conteúdo em outros sites e/ou blogs desde que mencionada a fonte – Fonte: Ribeira Dedetizadora – https://www.ddribeira.com.br/

Compartilhe!

Web Design: